Tempo: 5/5

Dificuldade: 3/5

Custo: 3/5

Quantidade: 8 pessoas

Este é um prato para se fazer com tempo mas o resultado final justifica-o. Da mesma forma, deverá ser desfutado com calma e, já agora, em boa companhia. A carne é assada a baixa temperatura por isso fica muito suculenta e deve-se conseguir desfiar com um garfo. Com as sobras fazem-se umas sandes óptimas.

INGREDIENTES
1 pá de porco com osso;
1 colher de sopa de pimentão doce;
sal a gosto;
1 colher de sobremesa de cebola em pó (ou 1 cebola cortada aos quartos);
1/2 colher de sopa de alho em pó (ou 3 dentes de alho esmagados);
1 colher de chá de mistura de pimentas;
1/2 colher de café de noz moscada moída;
1 colher de café de gengibre em pó;
2 hastes de tomilho fresco;
1 colher de chá de mostarda;
raspa de 1 limão;
3 colheres de sopa de azeite;
1 copo de vinho branco.

PREPARAÇÃO
Misture o pimentão doce com sal a gosto, a cebola (se usar fresca coloque só quando a carne for a assar), o alho (mesmo que use dentes de alho são colocados nesta altura), a mistura de pimentas, a noz moscada, o gengibre, o tomilho, a mostarda, a raspa de limão e o azeite. Com esta papa massaje a pá de porco para que os sabores se entranhem na carne. Deixe a marinar por 24 horas. Passado esse tempo, coloque a carne num tabuleiro juntamente com os quartos de cebola (caso não use cebola em pó) e o vinho branco (não despeje o vinho sobre a carne para não retirar as especiarias). Cubra o tabuleiro com folha de alumínio e leve ao forno, pré aquecido a 160ºC, durante 2 horas. Passado esse tempo retire a folha de alumínio e deixe no forno por mais 2 a 3 horas, regando a carne de vez em quando com o molho que entretanto se formou. O tempo de cozedura varia consoante os fornos (nem sempre estão bem calibrados). Deixe a carne repousar uns 15 minutos antes de a fatiar.

Anúncios