Tempo: 3/5

Dificuldade: 3/5

Custo: 3/5

Quantidade: 4 doses

As beldroegas, consideradas por muitos uma erva daninha, fazem uma sopa muito apreciada no Alentejo. A partir dos mesmos ingredientes, e consoante a zona, as receitas têm pequenas variações. Eu faço a que se come na minha terra, Reguengos de Monsaraz.

INGREDIENTES
2 molhos de beldroegas;
2 cabeças de alhos;
150 ml de azeite;
sal e pimenta a gosto;
1 folha de louro;
1 colher de café de pimentão doce;
4 batatas médias;
1 1/2 l de água;
4 ovos;
2 queijos de cabra ou ovelha, secos ou de meia cura;
fatias de pão alentejano.

PREPARAÇÃO
Comece por arranjar as beldroegas retirando-lhes o “olho” (parte superior onde se encontram as sementes), e aproveitando só as folhas. Descasque as batatas e corte-as em meias luas. Retire a casca exterior das cabeças de alhos, deixando-as inteiras. Lave as beldroegas e as batatas, e corte os queijos aos quartos. Num tacho largo coloque o azeite, as cabeças de alhos, a folha de louro, as beldroegas e o pimentão doce. Leve a lume médio, mexendo de vez em quando, até que as beldroegas tenham reduzido de volume. Nessa altura adicione a água e tempere de sal e pimenta. Tape o tacho, e quando começar a ferver junte as batatas. Quando as batatas estiverem macias acrescente o queijo e os ovos. Estando os ovos escalfados a sopa está pronta. Coloque as fatias de pão numa terrina, regue com o caldo e acompanhe com os ovos, queijo, alhos e beldroegas.

Anúncios